Les Exclusifs de Chanel

Elaborados com ingredientes raros finamente desenvolvidos, LES EXCLUSIFS DE CHANEL expressam a arte excepcional de suas fragrâncias. Cada perfume evoca um capítulo da história de Mademoiselle, revelando as facetas de sua alma de criadora e da sua vida pessoal. Perfumes que celebram a elegância atemporal do estilo de CHANEL.

BEIGE:

Bouquet: Um perfume voluptuoso, com um acorde floral intenso, aprimorado sutilmente com notas de mel.
Inspiração: o bege inalterável da cerâmica, da areia, da terra. O bege calmante com o qual Mademoiselle Chanel gostava de se cobrir, que a fazia sentir-se protegida do mundo e do caos da vida.

MISIA:

Bouquet: acorde floral de rosa, violeta, Iris pálida, aquecido com benjoin e fava tonka.
Inspiração: Misia Sert – indomável, cativante. Amiga de Coco Chanel, dos poetas e artistas. De uma beleza fascinante, era chamada de rainha de Paris.

31 RUE CAMBON

Bouquet: belo acorde de Chipre intensificado com íris, pimenta negra e vetiver.
Inspiração: Uma escadaria majestosa revestida com espelhos, com um infinito jogo de luzes. A sede do auge do estilo Chanel: Rue Cambon, nº 31.

BOY

 

Bouquet: lavanda e gerânio, intensificado com requintadas notas amadeiradas.
Inspiração: Boy Chapel e Coco Chanel: os opostos que se atraem, silhuetas complementares que se confundem; conjuntos em tweed, em listras de marinheiro. Uma fragrância que transcende os gêneros.

1932

Bouquet: acorde sensual e preciso de jasmin, com notas de pera e grapefruit.
Inspiração: As noites de Paris sob o céu estrelado. Em 1932, Gabrielle Chanel criou sua primeira coleção de joalheria. Buscou inspiração no céu, imaginando conjuntos luxuosos como corpos celestes, constelações de diamantes.

COROMANDEL

Bouquet: ambarado oriental, com notas de patchouli, olíbano e benjoin.
Inspiração: Coco Chanel tinha o talento de misturar estilos, a fim de apreciar novas formas de beleza. Cobria as paredes de seu apartamento em Paris com preciosos biombos de Coromandel, para criar uma aura oriental misteriosa.

CHANEL 18

Bouquet: sementes de abelmosco, intensificadas com notas de almíscar branco e gerânio.
Inspiração: 18 place Vendôme: o endereço de um sonho.

CHANEL 22

Bouquet: sensual e sedutor: acorde de tuberosa, rosa e flor de laranjeira.
Inspiração: geométrico e primorosamente elaborado, o estilo Art Deco estruturou o cenário artístico dos anos 20. Um frasco com linhas gráficas, com uma etiqueta branca quadrada acondiciona o perfume nº 5. Ernest Beaux usou esta essência fundamental como base para compor uma variação, apresentando a tuberosa suave e delicada. O Nº 22, assimo como o 1922, ano de sua criação, ressoa como o absoluto de feminilidade.

CUIR DE RUSSIE

Bouquet: casca de bétula com redemoinhos de tabaco claro intensificados pelo jasmin exótico.
Inspirção: em 1920, o grão-duque Dimitri foi exilado da Rússia para Paris, deixando em seu rastro a estepe branca e o gelo do rio Neva, peles e crinolinas. Encantada pelo estilo bizantino suntuoso, Gabrielle Chanel adornava suas criações com bordados eslavos e dourados.
Fonte: Chanel.com