Ensino a distância é opção para segunda graduação

Buscando flexibilidade, a segunda graduação nessa modalidade é aposta para quem quer voltar aos estudos sem precisar frequentar a sala de aula

A escolha de começar uma segunda graduação pode ser motivada pela vontade de mudar de profissão, buscar um diferencial no mercado ou até mesmo de saber mais sobre algum assunto, seja para alcançar objetivos pessoais ou profissionais. Apesar disso, essa decisão pode coincidir com a rotina de trabalho, sendo um obstáculo para o estudante se dedicar aos estudos.

O curso a distância pode ser uma alternativa para esse perfil, já que não é necessário frequentar o polo presencial da faculdade todos os dias para assistir as aulas. Além disso, não há diferença entre os diplomas e certificados de um curso presencial ou a distância.

A professora Mônica Eugênia fez o curso de licenciatura em Educação Física presencial, e após se casar e ter dois filhos, decidiu fazer a segunda graduação em Pedagogia na FAEL. “A vida ficou mais corrida tendo que trabalhar fora e cuidar da casa, sendo assim, optei pelo EaD devido a facilidade em conseguir concluir o curso. Podia me organizar e estudar em horários mais flexíveis, além de participar de workshops. A faculdade me proporcionou grandes facilidades”, afirma.

Para Janet Navarro, diretora da faculdade FAEL (Faculdade Educacional da Lapa), em São José dos Campos, a flexibilidade do aluno poder realizar os estudos de acordo com seu próprio tempo e local, é um atrativo dessa modalidade. Porém, o estudante precisa ter responsabilidade para desenvolver as atividades propostas pela instituição.

“Para concluir um curso a distância, é necessário que o aluno esteja comprometido e interessado em aprender sobre a formação escolhida, caso contrário, não há metodologia de ensino que irá ajudá-lo nesse processo”, diz Navarro.

Além da flexibilidade, outra vantagem do curso a distância é o preço acessível da mensalidade. A instituição de ensino não tem os mesmos gastos que teria caso as aulas fossem presenciais, sendo assim, o aluno economiza com o transporte, alimentação fora de casa e cópias do material de ensino.

Foto: Pexels